• Plantão

    Exclusivo - Bolsonaro lança em Foz do Iguaçu a pedra fundamental da duplicação da BR-469




    Obra na Rodovia das Cataratas, outra reivindicação antiga da cidade, será financiada pela Itaipu Binacional. 


    O presidente da República, Jair Bolsonaro, viaja a Foz do Iguaçu, na próxima quinta-feira, dia 27, levando na bagagem um presente que é um sonho antigo dos moradores: a duplicação da BR-469, a Rodovia das Cataratas, ligação entre a cidade e o aeroporto e, também, com alguns dos principais atrativos turísticos. Essa e as outras obras estruturantes que Foz está recebendo vão reconfigurar o Paraná e o Brasil no Mercosul e no mundo todo.

    O presidente virá acompanhado dos ministros  Ernesto Henrique Fraga Araújo, das Relações Exteriores; Bento Costa Lima Leite de Albuquerque Junior, de Minas e Energia (que esteve em Itaipu na semana passada); e Tarcísio Gomes de Freitas, da Infraestrutura. No lançamento da pedra fundamental da nova pista, um trecho de 8,7 quilômetros entre o trevo da Argentina e o portão do Parque Nacional do Iguaçu, estarão presentes ainda o governador Ratinho Junior e o diretor-geral brasileiro de Itaipu, general Joaquim Silva e Luna.

    O ministro da Infraestrutura e o general Silva e Luna haviam anunciado, em fevereiro deste ano, que Itaipu iria financiar grande parte da obra, uma das mais importantes para o futuro de Foz do Iguaçu e região. O custo previsto é de R$ 135 milhões, dos quais Itaipu vai arcar com 70% e o governo do Estado com os restantes 30%, conforme promessa feita na ocasião também pelo governador Ratinho Junior.

    O diretor-geral brasileiro de Itaipu é hoje um dos homens fortes do presidente, pela marca que já imprimiu na gestão da usina binacional. Em Foz, Bolsonaro recebeu 70% dos votos para presidente. A nomeação de Silva e Luna : agradou tanto autoridades locais e regionais como a população. 

    Em Brasília, o general é conhecido como exemplo de gestão. A atual diretoria investiu cerca de R$ 1 bilhão em obras de infraestrutura no Oeste do Paraná.




    Complemento às demais

    Em algumas entrevistas,  Silva e Luna reforçou que a duplicação da BR-469 é extremamente necessária e complementa as demais obras de grande porte que estão sendo feitas com recursos de Itaipu. Os investimentos deixam legado para a população e garantem um novo ciclo econômico para toda a região.

    Depois que a ordem de serviço for assinada, as obras na rodovia deverão ter início de imediato. A conclusão está prevista para março de 2022. Naquele mesmo ano, também será entregue a Ponte da Integração, a nova ligação entre o Brasil e o Paraguai, unindo Foz do Iguaçu e Presidente Franco. É a chamada "segunda ponte", já que a Ponte da Amizade é a primeira ponte sobre o Rio Paraná a unir os dois países.

    A BR-469 é a única via de acesso às Cataratas do Iguaçu e ao Aeroporto Internacional e também o mais importante corredor turístico da cidade, onde estão concentrados alguns dos principais hotéis e atrativos. A falta de duplicação provoca congestionamentos constantes e prejuízos ao turismo. Em época de férias e feriados prolongados, as filas no local são quilométricas. A obra já chegou a ser anunciada há mais de 20 anos por vários governos, mas nunca saiu do papel.



    Dr Flavio
    CEO - República De Curitiba Oficial
    Blogueiro, Empreendedor, Produtor Cultural, Social Media e Amante do Direito...
    '' Invista nessa marca, visite nossa loja oficial''

    Um comentário:

    1. Brasil acima tudo, Deus acima de todos. Pra frente sempre,vamos rompendo .

      ResponderExcluir

    Obrigado pelo seu comentário, Lembrando que você é responsável juridicamente por tudo aquilo que escreve e, se solicitado, enviaremos as informações às autoridades competentes caso o conteúdo do comentário afronte a Lei.

    Post Top Ad

    ad728
    ad728

    Post Bottom Ad

    Monitoramento Redes Sociais, Clipping.