• Plantão

    Itaipu Binacional - Noite mágica marca o início das festividades do aniversário de 106 anos de Foz.



    Não poderia ter sido mais simbólico. As chuvas dos últimos dias deram uma trégua e o fim de tarde na barragem da Itaipu, nesta quarta-feira (10), aniversário de 106 anos de Foz do Iguaçu, foi mágico. O entardecer deu vez à iluminação da barragem e serviu de cenário para a live do cantor iguaçuense Gabriel Smaniotto informar aos turistas que a cidade se preparou para recebê-los de volta e de forma responsável.

    “Este show é mais um marco na minha carreira, quero agradecer demais pelo convite e a oportunidade. Sinto-me feliz e honrado”, agradeceu o cantor “prata da casa”, que iniciou sua carreira em Foz do Iguaçu, em 2014. Diante do cenário da Itaipu iluminada, ele se emocionou: “É muito lindo, muito emocionante estar aqui. Você que não conhece a Itaipu, se tiver a oportunidade de vir pra cá, venha”.

    O show durou mais de três horas e foi assistido por 9.916 pessoas nos canais do Youtube da Itaipu e do cantor. Durante a live, as pessoas puderam fazer doações que serão destinadas aos profissionais do turismo, um dos setores mais atingidos pela pandemia da covid-19. O valor total arrecadado foi de R$ 79.540, considerando as doações individuais durante a live e os aportes das empresas que abraçaram a iniciativa encabeçada pela Itaipu. A margem brasileira da binacional doou R$ 50 mil.

    Entre as empresas, a Idisa Veículos, a Cooperativa Frimesa e a Lar Cooperativa repassaram R$ 5 mil cada; a Rede Costa Oeste de Comunicação e o Dreamland doaram R$ 2mil cada; o Posto Azteca e a Sicoob Três Fronteiras ajudaram com R$ 1 mil cada. O valor arrecadado será transformado em vouchers para compra de mercadorias, produtos de higiene e material hospitalar em cerca de 100 pequenos estabelecimentos de Foz do Iguaçu, o que vai também ajudar o comércio local.

    “Essa ajuda será de grande importância, já que há praticamente três meses muitos dos profissionais do turismo não possuem nenhum tipo de renda”, afirmou o diretor-secretário da Liga Independente dos Guias de Turismo de Foz do Iguaçu (Liguiafoz), Alexandre Barbosa. “Por sorte, muitos parceiros têm nos apoiado bastante. Agradecemos imensamente à Itaipu Binacional por essa live solidária, que vai beneficiar muitos profissionais”.

    A Liguiafoz será responsável por cadastrar os profissionais do turismo. Eles preencherão um formulário atestando que trabalham no setor e que tiveram a renda comprometida em função da pandemia. Estima-se que 5 mil pessoas perderam o emprego devido às medidas de distanciamento social.

    Ainda é possível fazer doações financeiras ou de produtos alimentícios ou de higiene. O Polo Iguassu, parceiro da iniciativa, está centralizando as doações em dinheiro. Para entrar em contato, o número do Whatsapp é 45-9806-3979. A Associação Comercial e Industrial de Foz do Iguaçu (Acifi) também está recebendo produtos de higiene e alimentos. A Acifi fica na Rua Padre Montoya, 490 – centro de Foz do Iguaçu.



    Volta responsável

    Gradualmente, os atrativos de Foz do Iguaçu voltam a receber os turistas, operando, no primeiro momento, com 30% da capacidade. Nesta quarta-feira (10), o Parque Nacional do Iguaçu (PNI) abriu novamente suas portas. No primeiro dia, 158 visitantes, sendo 93 moradores de Foz do Iguaçu e 65 turistas brasileiros, foram visitar as Cataratas do Iguaçu.

    “Não existe melhor forma de celebrar o aniversário de Foz do Iguaçu do que com a retomada do turismo em toda a região. Convidem seus amigos e sua família e venham nos visitar”, afirmou o diretor-geral brasileiro da Itaipu, general Joaquim Silva e Luna, lembrando que a binacional retoma o turismo nesta quinta-feira (11), das 9h às 16h.

    A Itaipu volta a receber os turistas em sua visita mais procurada, a Itaipu Panorâmica. A reabertura será feita de forma planejada e gradual. Depois da visita panorâmica, será a vez do Refúgio Biológico reabrir, no dia 17 de junho. No dia 24, reabre o Ecomuseu e, finalmente, em 3 de julho, a Itaipu Iluminada volta a apaixonar os turistas. A visita Itaipu Especial, que faz um passeio no interior da barragem, ainda não tem data para reabrir.

    “Estamos num processo de retomada da confiança e os atrativos estão fazendo a sua parte. Todas as recomendações e protocolos sanitários estão sendo adotados. Os atrativos em ambientes fechados trabalharão, num primeiro momento, com 30% da capacidade de atendimento. Haverá limpeza de pisos, ônibus, corrimãos, será exigida máscaras dos visitantes, enfim, tudo para proteger quem nos visita”, explicou Silva e Luna.

    Entre os cuidados na Itaipu estão uso obrigatório das máscaras, passagem por barreiras sanitárias, aferição de temperatura e distribuição de álcool gel 70% em vários locais. Foi estimulada a compra do ingresso online e feita a demarcação de espaços nas filas para respeitar a distância mínima de 2 metros. Os passeios tiveram capacidade reduzida e serão usados veículos que priorizem ventilação natural, que serão higienizados a cada passeio e terão os assentos demarcados. Por fim, um robô foi adquirido para fazer a descontaminação do Centro de Recepção dos Visitantes. 


    Acelera Foz

    O retorno da atividade turística à cidade é mais uma ação do Programa Acelera Foz, que tem a coordenação estratégica do Conselho de Desenvolvimento Econômico e Social de Foz do Iguaçu (Codefoz), Itaipu Binacional, Parque Tecnológico Itaipu (PTI), Prefeitura de Foz, Sebrae, Programa Oeste em Desenvolvimento, Associação Comercial e Empresarial de Foz do Iguaçu (Acifi) e Conselho Municipal de Turismo (Comtur).
    As entidades parceiras agradecem a participação de todo o trade turístico e dos iguaçuenses que não mediram esforços para a retomada da principal atividade econômica da cidade. “Sem a participação e a confiança de todos, esse evento não seria possível”, reforça o diretor-geral brasileiro da Itaipu, general Joaquim Silva e Luna.


    Ajuda da Itaipu no enfrentamento à covid-19

    O apoio à retomada da atividade turística em Foz soma-se a uma série de outras ações da Itaipu para ajudar no combate à covid-19 e à reestruturação econômica da cidade e região. A margem brasileira da empresa investiu mais de R$ 22 milhões no enfrentamento à pandemia, em diversas frentes, incluindo convênios e medidas de auxílio eventual.

    Entre as ações estão a reestruturação do Hospital Ministro Costa Cavalcanti (HMCC), que é mantido pela empresa, para a compra de equipamentos e insumos e a criação de uma ala exclusiva para covid-19, com 15 leitos de UTI e 12 de semi-intensiva. Outras unidades hospitalares da região também foram beneficiadas por estes recursos, com o fornecimento de equipamentos de proteção individual (EPIs), álcool em gel 70%, materiais, medicamentos, camas e diversos outros materiais.

    A Itaipu também adquiriu testes PCR para o diagnóstico de casos de covid-19 e doou 15 camas, 15 monitores e cinco respiradores mecânicos ao Hospital Municipal. Também nesse período, a Itaipu ajudou, com um aporte de R$ 2,8 milhões, 36 entidades, beneficiando diretamente cerca de 41 mil pessoas. Com o governo do Estado do Paraná, a Itaipu fez um convênio de R$ 4 milhões para a contratação de 733 bolsistas, todos da área de assistência à saúde, para atividades de apoio às regionais do Estado.

    Fonte: Assessoria

    Dr Flavio
    CEO - República De Curitiba Oficial
    Blogueiro, Empreendedor, Produtor Cultural, Social Media e Amante do Direito...
    '' Invista nessa marca, visite nossa loja oficial''

    Nenhum comentário

    Obrigado pelo seu comentário, Lembrando que você é responsável juridicamente por tudo aquilo que escreve e, se solicitado, enviaremos as informações às autoridades competentes caso o conteúdo do comentário afronte a Lei.

    Post Top Ad

    ad728
    ad728

    Post Bottom Ad

    Monitoramento Redes Sociais, Clipping.